Notícias

Contação de Histórias marca segunda noite de lives do Festival

Na noite da última segunda-feira, 10/05, tivemos a terceira edição do nosso quadro mensal, Senta Que Lá Vem História! Com a participação especial da professora Ediles Meireles, o foco foi voltado as raízes históricas de Palmeira das Missões. Maria Andreia Nerling, secretária de Educação, Cultura e Turismo, afirma que esse quadro veio para aproximar ainda mais as pessoas nesse período difícil. A Coordenadora do Depto. de Políticas Culturais, Bianca Manfrin, completa ressaltando a importância das manifestação artísticas no mundo infantil e como a arte e a cultura nos dão esperança diante deste cenário. Para a professora, contar histórias é um hábito extremamente importante na educação e trata-se de uma atividade lúdica extremamente prazerosa em sua vida. O quadro tem como público alvo as crianças e objetiva criar um espaço de interação com a comunidade palmeirense. Na ocasião, Ediles contou A Lenda da Erva-Mate, com muito entusiasmo, o que deixou todos com gostinho de quero mais. A professora ressalta que as contações de histórias, ajudam a de desenvolver a imaginação, a curiosidade, capacidades cognitivas e a inteligência emocional das crianças, “possibilita o contato com diferentes culturas e muitas aprendizagens”, destaca. Agradecemos ao apoio que as seguintes empresas prestaram: Singular Propaganda, 17º Região Tradicionalista, Globall Telecom, Sesc, Mano a Mano Embalagens, Vida e Natureza Floricultura, Tchê Turbo, Mate e Arte Cuias Personalizadas, Conecta Palmeira e Emater.    

Mesa Redonda: A Vilinha da Palmeira

O Carijo da Canção Gaúcha é um marco na história dos grandes festivais nativistas do Rio Grande do Sul. A última quinta-feira, 06 de maio, a abertura da programação alternativa se deu por meio de uma Mesa Redonda , transmitida ao vivo, que resgatou elementos históricos da Vilinha da Palmeira em um debate de historiadores palmeirenses. O evento teve a presença de três historiadores, Lurdes Ardenghi, Cristiane de Bortoli e Áxsel Batistella de Oliveira. A mediação foi feita pela ilustre Marlene Galvão, professora de Língua Portuguesa e Literatura brasileira, que contribuiu com suas vivências e relatos perpassados pela comunicação oral, cujo valor cultural é extremamente significativo. Cerca de 500 pessoas acompanharam o evento online. Maria Andreia Nerling, Secretária da Educação, Cultura e Turismo, diz ser de suma importância relembrarmos a nossa história para mantermos a cultura e tradição. Bianca Manfrin, Coordenadora do Depto de Políticas Culturais, frisa o quão simbólico o Carijo é para a cultura Gaúcha, “já é parte do nosso povo e queremos expandir cada vez mais o festival”. Todas as atividades acontecerão através das páginas oficiais do festival, nos acompanhe em nossas redes sociais.

Cavalgada

O frio e a chuva, característicos do mês de maio, deixaram a última quinta-feira, 06, nostálgica. O barro, a garoa fina, a pala, o fogo de chão e o vento minuano trouxeram inúmeras memórias e sentimentos do apreço pela cultura palmeirense. Isso porque o quinto mês do ano tem um lugar especial no coração daqueles que residem em Palmeira das Missões. O motivo? É a celebração da emancipação política do município e, sobretudo, o prestígio da arte, da música e da cultura nativista, por meio do Festival Carijo da Canção Gaúcha. Foi neste clima típico de Carijo que a Administração Municipal deu início às festividades do Município e dos 36 anos de Festival, no distrito de Santa Terezinha, pela manhã. Na ocasião, estiveram presentes o Prefeito, Evandro Massing, o Vice-prefeito, Regis Lorenzoni, a Secretária de Educação, Cultura e Turismo, Maria Andreia Nerling, a Coordenadora do Depto de Políticas Culturais, Bianca Manfrin, e a 17° Região Tradicionalista. Recebidos pela comunidade local com o tradicional café campeiro e com um pequeno Carijo montado no pátio da Paróquia, moradores relembraram histórias da província, conhecida como berço dos ervais. No fogo de chão, não aqueceu-se apenas o corpo, mas o coração. E neste fogo, a Chama do Carijo foi acesa! A ação de acedimento foi feita em conjunto pelo Prefeito Municipal, e pelo tradicionalista Érico Guedes Gonçalves. Do fogo, Evandro pegou uma lenha em brasa e passou ao archote segurado por Érico, acendendo a Chama, de forma simbólica, honrando as tradições. Juntos, a entregaram para o Diretor de Cavalgada, Ademar Rocha, que com o archote em mãos, conduziu os cavaleiros da 17ª Região Tradicionalista. Dentre os tantos cavaleiros, muitos jovens e crianças, cheios de esperança e com brilho nos olhos ao participar de um momento tão simbólico para a história do município. Ademar, se emocionou ao dizer que o futuro está nas mãos dos jovens “buscamos plantar no hoje, para colher amanhã’’. Assim, a Chama partiu do Distrito Santa Terezinha e teve por destino a Prefeitura Municipal, onde ficará até o meio de maio. Posteriormente, haverá novas cavalgadas para que a Chama se movimente pela cidade, acompanhando os locais onde ocorre a programação oficial. Na Prefeitura, foi realizada uma solenidade de abertura com autoridades locais. Ambas atividades foram repletas de emoção e a programação alternativa do Carijo da Canção Gaúcha se estende ao longo de todo mês de maio. “Nossa ideia foi fazer inúmeras atividades para a comunidade acompanhar, para que mesmo longe permaneçamos pertinho um do outro, isso tudo vai passar e quando for possível comemorar presencialmente, será muita festa e alegria, os 2 anos sem edições, serão contemplados em um’’, ressalta a secretária. Evandro pontua que podemos não ter o evento presencialmente, contudo a Chama permanecerá acesa aquecendo nossos corações, ‘’são 147 anos de honra e amor por essa cultura que carregamos no peito’’, destaca.

Inscrições abertas para o 18° Carijinho da Canção Gaúcha

A partir desta segunda-feira, 26, estão abertas as inscrições para o 18° Carijinho da Canção Gaúcha. O festival infanto-juvenil de interpretações musicais é promovido pela Prefeitura Municipal de Palmeira das Missões, organizado pela Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SMCT) e coordenado pela Secretaria Municipal de Educação (SME). Neste ano, o evento contará apenas com a fase local em decorrência da pandemia, portanto, as inscrições devem ser realizadas somente por concorrentes de Palmeira das Missões, sendo vetada a participação de concorrentes das demais regiões do Estado. Desse modo, as apresentações dos classificados serão realizadas no dia 28 de maio de forma presencial, mas sem público. De modo a respeitar os protocolos de segurança e orientações do COE o evento contará com a presença somente dos concorrentes e seus responsáveis, corpo de jurados e equipe técnica do Festival. Assim, o Carijinho será transmitido ao vivo pelas redes do Festival Carijo da Canção Gaúcha, com início das apresentações previstas para às 20 horas. Entre os principais objetivos do festival está a busca por novos talentos, a integração dos jovens artistas, no contexto da música regional do Rio Grande do Sul e a premiação das interpretações destaques no evento. As inscrições serão gratuitas e poderão ser efetuadas, impreterivelmente, do dia 26 de abril de 2021 até o dia 11 de maio de 2021, através do site www.carijo.rs (Menu - Inscrições - Carijinho). Poderão inscrever-se candidatos que, até o dia da apresentação, tenham completado 13 (treze) anos para concorrer na categoria Piá, e no máximo 17 (dezessete) anos para concorrer na categoria Piázote. Documentos necessários para a realização das inscrições:   No ato da inscrição via internet (site do festival), o candidato deverá- I – Acessar a página na internet: www.carijo.rs (Menu - Inscrições - Carijinho), clicar na categoria desejada: Piá ou Piazote; II – Preencher a ficha de inscrição on-line; III – Anexar o áudio no formato mp3 (não será aceito outro formato); IV – Anexar a cópia da letra constando obrigatoriamente o título e ritmo da composição. Após, marcar estar ciente e aceitar as normas vigentes no regulamento. A divulgação da lista de classificados será publicada no dia 17 de maio (segunda-feira) nos portais oficiais do Carijo e da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo. No dia do evento, os concorrentes deverão se fazer acompanhados dos pais ou responsáveis. A Secretária Municipal de Educação, Cultura e Turismo, Maria Andreia Nerling, destaca a importância do festival para esse momento atípico, ‘’precisamos mais do que nunca nos fortalecer, o Carijo e Carijinho são parte da nossa cultura, queremos que toda a comunidade sinta o afeto que o festival cria em nossos corações. Não vamos deixar jamais a nossa história se apagar, são 36 anos formando grandes intérpretes e compositores’’.

35° Carijo da Canção Gaúcha online: o Festival que mesmo longe conseguiu unir todos os carijeiros

A Comissão Organizadora do 35° Carijo da Canção Gaúcha e Secretaria de Cultura e Turismo realizaram nos dias 29 e 30 de maio, final de semana em que seria realizado o evento, lives em celebração aos 35 anos de Festival. As transmissões, que tiveram mais de 110 mil visualizações pelo Facebook e YouTube do Carijo durante os dois dias, trouxeram muita cultura tradicionalista através de músicas, entrevistas e recordações que remetem a história deste, que é Patrimônio Cultural do Rio Grande do Sul.

Celebrando o Carijo - Live especial dos 35 anos!

A Comissão Organizadora do 35° Carijo da Canção Gaúcha e Secretaria de Cultura e Turismo, convidam os apreciadores do Festival para nos dias 29 e 30 de maio, final de semana em que seria realizado o evento, para celebrarmos juntos os 35 anos do Carijo através de lives que trarão muita música, entrevistas e recordações que remetem a história deste, que é Patrimônio Cultural do Rio Grande do Sul, e faz parte da vida dos palmeirenses e dos tradicionalistas do Estado a fora, que tornaram cada edição ainda mais grandiosa.⠀⠀⠀A live local, que ocorre sexta-feira (29), irá prestigiar os músicos de Palmeira das Missões e será realizada com a participação dos seguintes artistas: Gustavo Thomazi, Dorival Godoi, Fabiano Cestari, Rodrigo Gonçalves, Alana Moraes, Gabriel Leal, José Ricardo Maciel Nerling, Cristiano Sonntag e Gabriel Mafalda. No sábado(30), será transmitido um show do músico querido dos carijeiros, Baitaca e Artistas Nativistas do Rio Grande do Sul. A apresentação será realizada por Antonio Augusto Korsack Filho e Rômulo Chaves.⠀⠀Preparem-se para carijar, cada um em sua casa no próximo final de semana, e matar a saudade do Festival Carijo da Canção Gaúcha.⠀A transmissão será a partir das 20h nas páginas oficiais do Carijo. ⠀⠀⠀Vale destacar, que todas as medidas de prevenção contra o coronavírus serão devidamente tomadas, visando à segurança de todos os participantes na realização das lives.