Carijo atrai comerciantes estrangeiros

        Andando pelo Parque de Exposições onde acontece o 32º Carijo da Canção Gaúcha, você pode observar várias barracas de comércio dos mais diferentes tipos, desde comida até artigos de vestuário. Mas esses comerciantes não se restringem apenas a pessoas locais. Os Sul Africanos Mamadou Hdiayo e Moustapha Béye já participam do Carijo há três anos.

 

         Naturais da Costa do Marfim na África do Sul, eles vieram para o Brasil e já percorreram vários estados como Bahia, Goiás e São Paulo, além das mais diferentes cidades do estado do Rio Grande do Sul. E foi por meio da internet que eles conheceram o Carijo. Para Mamadou Hdiayo a recepção em Palmeira das Missões é sempre muito boa.

 

       Os comerciantes que vendem capas para celular e outros artigos contam que dominam vários idiomas como francês, árabe e inglês, e que não tiveram dificuldades para aprender outros idiomas, pois já viajaram para diversos países. Eles que são mulçumanos, ainda relatam que se sentiram bem acolhidos por ter mesquitas aqui no estado.

 

 

Texto e fotos: Daniela Vargas